Como virei modelo?

Boa tarde gente! Tudo bom?

Hoje vou dar início aqui no blog aos posts em que vou tentar contar pra vocês um pouco mais sobre mim, falar sobre o que eu gosto, o que faço, etc.

Pra começar, muito antes de ser miss eu já tinha começado a modelar aqui em Juiz de Fora e hoje decidi contar pra vocês como tudo começou.

 

jujuba

 

Desde pequenininha eu amava fazer poses, caras e bocas na frente do espelho e ficar andando com os sapatos da minha mãe pela casa. E ela sempre me incentivou, inclusive essa foto aí em cima é de um ensaio na Kika Colorida (um dia de modelo pra Juju). Mas enfim, aí eu ainda era bem novinha, tinha só 3 aninhos. Quando completei 8 eu comecei a pedir minha mãe pra entrar num curso de modelo, enchia o saco da coitada hahahah Minha madrinha já tinha sido modelo quando era nova e resolveu me dar um de presente.

 

Juju na passarela
Juju na passarela

E eu fiz o curso com o Júlio Zanini e entrei na passarela pela primeira vez. Só no carão hahahah Brincadeiras a parte, mas depois desse desfile fiquei muuuito tempo sem ser modelete de novo, porque como era muito novinha, as lojas cobravam pra desfilar (Juro, tinha que pelo menos comprar o look que eu desfilasse), e minha mãe não tinha dinheiro pra isso.

Passaram-se 5 anos e eu comecei a falar na cabeça da minha mãe de nooooovo. Entrei num curso de modelo de uma agência maior, a Elysee Model e lá aprendi a andar de salto. Me sentia!!! Não tenho fotos do curso, mas tenho de uma das atividades que tivemos que realizar. Tínhamos que fazer uma sessão fotográfica na nossa própria casa. Vou colocar umas aqui pra vocês darem umas risadas. HAHAHA

 

Julinha.elysee.1
Achando que sabia fazer carão

 

Julinha.elysee.8
Essa até que tá fofa, vaaai… ahhahaha só que não

 

DSC03813
Podem rir que eu deixo

 

Passando esse momento queima filme, também não foi dessa vez que virei modelo. Juiz de Fora é uma cidade pequena, então quando se é novinha não tem muito o que fazer. Maaaaas, como 15 anos minha sorte iria mudar. Adivinhem porque? Fiquei mais bonitinha, fiz um book de aniversário e fui “redescoberta” kkkkkkk A dona da Elysee, que eu havia feito o curso viu minhas fotos no orkut (ô velhice haha) e me chamou pra entrar de fato pra agência.

 

Book de 15 anos
Book de 15 anos

 

Modelete
Modelete

Mesmo essas fotos sendo bonitinhas o suficiente pra me colocar na agência, elas não me conseguiriam trabalhos. Pra isso eu precisava fazer um book de modelo mesmo, e minha mãe mais uma vez deu um empurrãozinho pro meu sonho dar certo e me deu as fotos de presente. Esse vou ter que mostrar porque ficou TOP (humildade passando longe).

 

Book Book 2

Book 4

Book 1 Book 3

 

E aí finalmente virei modelo geeeente!!! No final dos meus 15 anos eu já comecei a fazer testes de desfiles e catálogos. No início eu recebi vários “nãos”, foi complicado, mas depois as coisas começaram a melhorar. No meu segundo teste do Fashion Days fui selecionada e desde então participo de todas as edições, consegui passar no teste de um lookbook pra Armadda (loja famosa aqui em Jf) e ganhei de presente um Workshop com o Sérgio Mattos, que só me ajudou.

 

O primeiro desfile recebendo cachê a gente nunca esquece.
O primeiro desfile recebendo cachê a gente nunca esquece.

 

Primeira campanha
Primeira campanha

 

Diploma do Workshop
Diploma do Workshop

 

Essa onda de coisas boas começando a acontecer na minha “carreira” me fez criar coragem de finalmente me inscrever num concurso, só que na época era de modelo: o Menina Fantástica (aquele que passava no Fantástico). Eu lembro que minha mãe insistiu pra eu ir na seleção, porque era em BH e eu descobri em um dia que teria e no outro eu já tinha que viajar. Ela conseguiu me convencer e nós fomos com a cara e a coragem. Sem um pingo de maquiagem, com minha roupinha simples mesmo e até que foi bom, viu?! Tinham mais de 6000 meninas, e eu consegui passar na primeira seleção onde escolheram 120. Só fui até aí, mas já foi um incentivo pra eu não desistir.

 

Saí até no jornal hahaha
Saí até no jornal hahaha

blog14 blog15

 

E foi isso gente, começou assim e foi evoluindo aos pouquinhos. Consegui vários trabalhos aqui em Juiz de Fora, e cheguei até a fazer algumas coisas em BH e no Rio. Confesso que não dá pra viver da moda aqui, só se quisermos mudar de cidade. Mas como eu amo o que eu faço, no início era como um hobby, hoje em dia é o meu trabalho enquanto termino meus estudos. Hoje em dia eu trabalho bastante na área, não posso reclamar. Mas o que me ajudou mesmo a “crescer” foi ter me tornado Miss. Mas essa parte eu conto melhor em outro post. 😉

 

hhhhuuu

 

E aí? Gostaram de saber mais sobre mim?! Querem fazer alguma pergunta? Tô pensando em uma vez por semana mostrar pra vocês algum trabalho meu, desde os mais antigos até os de hoje em dia. O que vocês acham? Tem vontade de ver?! O blog é pra vocês, então dependo de opiniões heheh

Vou indo, esse é só o comecinho da minha história, espero que tenham gostado.

Beijinho e bom fim de domingo <3

 

Compartilhe:

 

Comentários: